Dia a Dia

Desafio #02

Depois do sucesso, inesperado, do Desafio #01 venho apresentar o Desafio #02.
Para quem está chegando aqui pela primeira vez deve estar pensando: “o que são esses desafios?”
Pois bem, a ideia surgiu depois que fiz uma postagem sobre o Learning To Love You More, um site cujo o objetivo principal é um experimento autêntico, inspirador e singelo sobre a vida.
Acredito que foi bem aceito, pois houve manifestações pedindo desafios.
Assim, eu lanço um desafio (lembrando que sugestões são sempre bem vindas), vocês cumprem e com ajuda de vocês eu faço a postagem. 🙂
Então, trago o Desafio #02:
fazer um piquenique!
A última vez que fiz um piquenique prometi que faria outros com mais frequência, mas 03…04 anos se passaram e eu nunca mais fiz.
Então chegou a hora de juntar os amigos, reunir a família, escolher um dia e um lugar, prepararar as comidinhas: e fazer um piquenique.
E não vamos deixar que o tempo, a preguiça se torne um empecilho; afinal eu tenho certeza de que o resultado, para nós mesmos, será muito gratificante!
As fotos poderão ser enviadas para o meu e-mail: carolinalima86@gmail.com até o dia 26 de setembro. Farei a postagem com o resultado no dia 28 de setembro. =D
Se possível, no assunto coloque ‘Desafio #02 – Piquenique‘, caso algum e-mail vá direto para o Spam já vou saber do que se trata (e eu continuo com grandes expectativas de que receberei e-mails!)
Como vocês podem observar resolvi prolongar o prazo pois sempre temos outros compromissos que podem atrapalhar os planos, então com um mês de antecedência acho que dá para se programar. Ou vocês preferem um prazo menor?
De qualquer forma, o desafio está lançado!
E aos amigos de Goiânia que frequentam o blog estou aguardando contatos para prepararmos o nosso piquenique!!
Dia a Dia

A Medalha

Quando menino, ganhei uma medalha na escola como prêmio ao aluno que sabia ler melhor. Senti-me feliz e estufei de orgulho. Quando a aula terminou voltei para casa correndo e entrei na cozinha como um furacão. A velha empregada, que estava conosco havia muitos anos, ocupava-se no fogão.
Sem nada comentar fui direto a ela, dizendo-lhe:
-Aposto que sei ler melhor do que você.
E estendi-lhe o meu livro de leitura. Ela interrompeu o seu trabalho e tomou o volume. Examinando cuidadosamente as páginas, terminou por gaguejar:
-Bem, meu filho… eu… eu não sei ler.
Fiquei atônito. Sabia que papai estava no escritório àquela hora e voei para lá. Ele ergueu a cabeça quando eu entrei, suando, com o rosto em fogo e lhe disse:
-Imagine, papai, a Maria não sabe ler. E é uma velha. Eu, que ainda sou pequeno, já ganhei até medalha. Olhe só! E estufei o peito para a frente para que ele visse o meu troféu.
E perguntei:
-Deve ser horrível não saber ler, não é, papai?
Com toda a tranquilidade, meu pai ergueu-se, foi até uma estante e voltou de lá com um livro.
-Leia este livro para eu ver, meu filho. Foi maravilhoso você ter ganho a medalha. Leia para eu ouvir.
Não titubei, abri o volume e olhei para o meu pai cheio de surpresa. As páginas continham o que parecia ser centenas de pequenos rabiscos.
-Não posso, papai. Eu não entendo nada disto que está aqui.
-É um livro escrito em chinês.
Imediatamente me lembrei do que fizera com a Maria e me senti envergonhado.
Papai não disse mais nada e eu, pensativo, deixei o livro em sua escrivaninha e saí.
Até agora, toda vez que me sinto tentado a jactar-me por qualquer coisa que tenho feito, lembro-me do quanto ainda me falta aprender e digo de mim para comigo:
-Não se esqueça que você não sabe ler chinês!
Dia a Dia

Primeiro Sorteio do Blog

Em abril, mais especificamente no dia 11, fiz a postagem Escrita à mão na qual abordei como o hábito de escrever à mão vem desaparecendo. A maioria das pessoas que comentaram disseram sentir falta da escrita.
Eu sempre gostei muito de escrever. Já enviei muitas cartas, cartões e adorava esperar o carteiro passar mas o hábito acabou e o que restaram foram só as lembranças e as saudades.
Então, eu pensei… pensei… pensei e com a ajuda da tia Lelé (conseguindo alguns cartões junto a representante da Sudeste Cartões) aqui está o primeiro sorteio do meu blog! 😉
O maior objetivo do sorteio é resgatar o prazer de enviar cartões e alegrar o dia daquele que irá receber.
O sortudo, ou sortuda, irá ganhar:

09 cartões e, também, uma caixa para presente.

Os cartões são:
-02 em formato de baú (aniversário e mãe);
-02 mini cartões (aniversário);
-01 cartão de amor;
-02 de aniversário e
-02 de amizade.
Para participar é muito simples:
1- Seguir publicamente o blog (lembrando que você não precisa ter um blog para ser seguidor);
2- Podem participar leitores nacionais e de outros países;
3- Comentar nesta postagem com os seguintes dados:
-Nome completo:
-Nome de seguidor(a):
-E-mail válido:
-Cidade, estado e país:
4-Se você quiser mais uma chance é só divulgar o sorteio no seu blog, facebook, twitter … não esquecendo de enviar o link da divulgação. (Considerando que cada participante só terá direito a 02 inscrições).
5- O sorteio será realizado pelo Random.
6- A postagem é por minha conta.
7- Serão aceitas as inscrições realizadas até as 23:59h do dia 18 de junho(sábado) e no dia 20 de junho (segunda) será divulgado o nome do(a) grande sortudo(a)!
Enviarei um e-mail ao sorteado, que terá 48h para responder; caso não responda, farei um novo sorteio com os inscritos.
Boa sorte!
Dia a Dia

Heranças Indígenas

Hoje, 19 de abril, comemoramos o Dia do Índio. Acredito que as comemorações são poucas considerando a real situação em que eles se encontram.
As críticas e opiniões sobre o assunto são divergentes e causam polêmica e esta não é a intenção da postagem.
O meu intuito é relembrarmos o quanto a cultura indígena contribuiu para a construção da identidade brasileira e o quanto eles merecem o nosso respeito e gratidão.
Sabemos que desde a colonização do Brasil, houve significativas mudanças no modo de vida e sobrevivência dos povos indígenas que foram influenciados pela cultura do homem branco. Contudo, ainda hoje preservamos traços da influência indígena em nossa cultura.
Selecionei alguns desses traços que considero principais:
Na alimentação, por exemplo, a mandioca, milho, guaraná, palmito e derivados como o prepaparo da farinha, a tapioca e o beiju.
Nas técnicas, o trabalho com a cerâmica, o artesanato em geral.
Nos objetos, as redes, canoas, jangadas, armadilhas de caça e pesca.
 No vocabulário muitas palavras foram incorporadas, sendo, talvez, a grande contribuição:
PernambucoParanácariocaPiauícajujacaréabacaxitatujaguar (sim, o famoso carro inglês tem nome indígena), Ipanemaoca
E, para finalizar, nos hábitos: graças a eles, tomamos banho diariamente!!!

Quais são as heranças culturais indígenas que mais influenciam na sua vida?

“A cultura está acima da diferença da condição social.”

Confúcio

Imagens: Google
Dia a Dia

Escrito à mão

Cartas substituídas por e-mails.
No lugar de bilhetes: torpedos.
Nos aniversários scraps ou e-cards, nada de cartões enviados pelo Correios ou entregues pessoalmente.
Os blogs são os diários que eram escritos à mão e nas escolas os tablet começam a substituir os cadernos.
Acho ser raro encontrar colecionadores de papéis de carta (eu pelo menos tenho guardado os meus antigos em alguma gaveta).
A inspiração dessa postagem veio ao ler uma entrevista do autor Milton Hautom no qual ele diz:
“Até mostro para a minha mulher, porque se escreve tão pouco, a gente não escreve mais carta de amor, acha cafona. Eu acho tão bonito carta de amor, não é? Tão bonito receber uma carta de amor. A gente só recebe notícias horríveis, olha pra imprensa, o Senado… “
Foi aí que eu pensei:
qual foi a última vez que eu escrevi a alguém? E quando que escreveram para mim?
Confesso que teve uma época que eu escrevia muito. Adorava escrever cartas, mandar bilhetinhos para amigas, escrever nas agendas, comprar cartões e enviar… mas o tempo passou e esse hábito também.
Carly Waito
Imagino que o diferencial de receber uma carta digitada e uma manuscrita é o tempo que a pessoa dedicou para você.
Tem algo mais gratificante do que isso?
As letras cursivas trazem as impressões digitais da pessoa querida, é calorosa!
E, lamentavelmente, andamos tão carentes de sentimentos que um ‘Bom dia!’, ‘Gosto de você!’, ‘Você é especial!’ escrito para nós pode mudar, completamente, nosso dia.
Juju e Beto vão casar
HELLOmynameisHeather
Morning by Foley
Sem papas na Línguaa
Morning by Foley
Cococerise
Píntame el día
bonjour!
“Não se pode escrever nada com indiferença.” Simone de Beauvoir

E você? Tem o hábito de escrever utilizando o bom e velho papel e caneta?

Coisinhas

Casamentos de princesas

Já que um dos assuntos do momento é o casamento do Príncipe William e da futura Princesa Kate Middleton, lembrei que certa vez vi uma coleção de vestidos de noivas das Princesas Disney.
Não sabia que desde 2007 a Disney tinha essa coleção de vestido de noivas, a Disney Fairy Tale Weddings. A última coleção, a de 2010, foi desenhada pelo estilista de noiva Alfred Angelo.
O que mais me surpreendeu é que os preços dos vestidos variam de US$599,00 a US$1.199,00.
 Ariel, A Pequena Sereia
O vestido romântico comemora espírito livre de Ariel com rendas francesas, bordados e tecidos de tafetá que se movem graciosamente como o oceano.Detalhes inspiram o mar: como pérolas, sutis toques metálicos, cristais e paetêsadicionam um toque do inesperado.

Jasmine (Aladdin)

O vestido de Jasmine é exóticas. Em cetim com brilho suave e um corpete, odecote e alça bejeweled halter com pérolas incrustadas, strass e cristais beadingadicionam um toque de viajar.

 

Aurora, A Bela Adormecida

É um vestido de tafetá romântico com várias camadas de tule gossamer sonho, uma reminiscência de cascata de pétalas de rosa. A renda do corpete bordado efrisada de cristal com detalhes de rosa dão um toque elegante.

 

 Tiana, A Princesa e o Sapo
Inspirado pela graça do lírio d’água o vestido honra a independência de Tiana. Ocorpete drapeado assimétrico é embelezado com belas flores frisadas, bordados e detalhes metálicos pérola.

 

Cinderela
O conto de fadas da Cinderela ganha vida com um clássico de tule e glitter líquido sobre tafetá, inspirado pelo seu sapatinho de cristal. O corpete drapeado cruzadoapresenta um decote acentuado com romântico cristal brilhante e strass.

 

Bela, A Bela e a Fera
A inteção é homenagear o espírito caloroso e afável de Bella. O vestido possui umcorset de cetim drapeado e com cercadura de cristal com toques sutis de bordadosde ouro metálico.

 

Branca de Neve
  
Inspirado pela natureza traz a graça, gentileza e beleza da Branca de Neve. Possuium corpete bordado de flores de maçã com strass cintilantes e centros de cristal euma saia com detalhe de flores dispersas. Uma faixa de cetim faz o acabamento moderno.

 

 São lindos, lindos, lindos e lindos!
Confesso que casaria fácil com o da Aurora, Cinderela ou Branca de Neve!
 
E vocês, usariam algum?
Coisinhas

Pequenas alegrias

Frases Ilustradas

-Acordar no meio da noite e ver que ainda posso dormir algumas horas.
-Chegar em casa depois de um dia cansativo, tomar aquele banho, colocar meu pijama e dormir.
-Um bom filme, um bom livro, uma boa música, uma boa piada.
-Uma pizza de frango com catupiri.
-Um passeio no Parque Flamboyant.
-Pipoca de doce.
-Festa de criança com muiiitos docinhos.
-Achar dinheiro no bolso de alguma calça.
-Receber mensagem no celular.
-Ser lembrada.
-Aquele abraço.
-Beijinhos, beijinhos, beijinhos.
-Dormir, em um dia bem frio, debaixo de um edredon.
-Rever fotografias.
-Relembrar histórias e rir até a barriga doer.
-Sentir o vento bagunçar o cabelo.
-…
-…

E quais são suas pequenas alegrias?

Dia a Dia

Propagandas inspiradoras (1)




Quantas vezes você sorri por dia? Você se pega sorrindo sozinha(o)?

Goldie Hawn, atriz americana, em uma entrevista disse que aos 10 anos de idade, quando alguém lhe perguntava o que ela queria ser quando crescesse, respondia: “Quero ser feliz!”. Segundo ela, os adultos lhe olhavam estarrecidos, como se Goldie não entendesse a pergunta, e a questionavam novamente, se queria ser bailarina ou atriz… e ela continuava a responder: “Quero ser feliz!” 
Goldie explicou que naquele momento a vida para ela era muito divertida, e ela não conseguia imaginar uma profissão que pudesse lhe proporcionar a mesma sensação de felicidade, de explosão e de exuberância que a vida lhe dava. 
Segundo pesquisas, uma criança sorri 400 vezes por dia enquanto um adultosorri apenas 15. Para onde vai o prazer pela vida? Por que um adulto sorri tão pouco?
Talvez com o tempo começamos a colocar obstáculos de que a felicidade não é algo muito fácil de  conquistarmos e mantermos. 
É mais fácil sorrir do que franzir a testa além de ser contagiante! 
 
Dia a Dia

Bem, bem simples

Há tempos queria criar um blog mas sempre fui impedida por não saber o que escrever no meu blog.

Escrever sobre minha vida? Meus dias são tão rotineiros que imagino que na primeira semana já não teria mais o que escrever…

Escrever sobre moda? Eu, sinceramente, sou uma negação tratando-se de moda…

Escrever sobre comida? Até que eu gosto de cozinhar. Gosto quando não se trata de uma obrigação e não tenho dom culinário para escrever sobre isso…

Escrever sobre o que?

A vontade de ter o blog continuava mas era interrompida no principal: o assunto do blog! 


E ontem a noite eis que surge o assunto para o meu blog: a simplicidade!

 

Qual a sensação de um abraço? De ser lembrada? De ver uma criança brincar? De receber um bilhete?

Os acontecimentos simples da vida não estão sendo percebidos… estão sendo esquecidos.

Qual a última vez que você escreveu uma carta a alguém? Que você copiou um trecho de uma música por achar bonita? Qual a última vez que você deu um bombom para um amigo?

Então, o objetivo desse blog é divulgar as coisas bem, bem simples que pelo fato de recebermos ou vermos sentimos aquela sensação de como é bom estar vivo!

 

Afinal, o simples é extraordinário!